Siga o canal do youtube do ogol.com.br
Craque levou segundo vermelho na carreira

Messi é expulso, mas Argentina vence Chile e fica com o terceiro lugar na Copa América

2019/07/06 18:01
Texto por Caio Fiusa
E0

Em uma revanche, dessa vez sem disputa de título de Copa América, como foi em 2015 e 2016 e ambas vencidas pelo Chile nos pênaltis, a Argentina bateu o rival por 2 a 1 e ficou com o terceiro lugar do torneio. O grande destaque da partida, tensa durante quase todos os 90 minutos, foi a expulsão de Lionel Messi, após desentendimento com Gary Medel.

O craque irá cumprir suspensão na próxima partida de competições da Conmebol, que será a Eliminatória para a Copa do Mundo no Catar, em 2022. Aguero e Dybala, em boas jogadas nas costas da defesa chilena marcaram para os argentinos no primeiro tempo. Vidal, de pênalti, na segunda etapa, descontou. 

Primeiro tempo quente marcado pela expulsão de Messi

A partida, pelo incrível que pareça, começou morna, meio sonolenta e somente aos seis minutos o público viu Aguero receber em velocidade e bater com perigo para fora. Era o esquenta do que estava por vir mais para frente.

Cinco minutos depois, falta para a Argentina no meio de campo. Messi aproveitou a desatenção da zaga chilena e deu um lindo passe para Aguero. O camisa 9 saiu cara a cara com o goleiro Arias, driblou com facilidade e mandou para o fundo da rede. O gol foi irregular, já que Messi cobrou a falta com bola rolando. Como o árbitro não viu e o VAR não pode ser acionado neste tipo de lance, a jogada seguiu. Melhor para os argentinos: um a zero no placar. 

O gol esquentou os ânimos em Itaquera e as divididas passaram a ser mais ríspidas. Aos 15, Alexis Sanchéz sentiu dor na coxa e foi substituído por Junior Fernandes. Messi assustou aos 19 com um chute forte de esquerda, que parou na boa defesa de Arias. 

A Argentina era melhor na partida e a superioridade foi recompensada com mais um gol. Lo Celso encontrou um espaço na defesa chilena, deu boa enfiada para Dybala, que só teve o trabalho de tocar por cima de Arias e ampliar. Foi apenas o segundo gol do jogador da Juventus com a camisa da seleção. 

O clima ficou mais tenso após desentendimento entre Vidal e Dybala, aos 25, com cartão amarelo para o chileno. Mas o momento mais marcante da primeira etapa veio aos 36. Em jogada de linha de fundo, Messi dividiu com Medel. O defensor não gostou e peitou o craque do Barcelona. Após algumas trombadas e encaradas, o áribtro resolveu expulsar os dois. Foi a segunda expulsão de Messi na carreira. A primeira foi em 2005, em sua estreia pela seleção argentina, no duelo contra a Hungria. 

O lance fez o árbitro paraguaio Mauro Díaz de Vivar virar o vilão da partida e não acalmou as duas equipes. Ao final do primeiro tempo, muitas vaias e reclamações para cima dele, principal personagem dos 45 minutos iniciais. 

Gol de Vidal anima a partida

A Argentina tentou controlar as ações no início da segunda etapa e assustou logo aos três minutos com Aguero e Dybala, em sequência. Mas aos 11, Lo Celso tentou cortar e derrubou Aránguiz dentro da área. O lance foi revisado pelo VAR e o pênalti foi marcado. Vidal bateu com força, no centro do gol e descontou. 

Embora o gol tenha animado o Chile, a equipe de Reinaldo Rueda só voltou a dar trabalho para Armani aos 26. Vargas recebeu bom passe de Aránguiz e bateu cruzado. O goleiro argentino caiu bem para evitar o empate. Aguero teve duas boas chances de matar o jogo, antes de ser substituído, mas em uma parou em Arias e na outra, jogou para fora.

O Chile continuou buscando o empate para poder levar a partida para a prorrogação, mas sem muita criatividade. Enquanto isso, a Argentina aguardou e tentou jogadas rápidas em contra-ataques. Sem inspiração, coube aos chilenos amargarem a derrota. 

Enquete
RESULTADO DA VOTAÇÃO
ARGENTINA
EMPATE
CHILE
Comentários (0)
Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
jogos históricos
U Sábado, 06 Julho 2019 - 16:00
Arena Corinthians
Mario de Vivar
2-1
Kun Agüero 12'
Paulo Dybala 22'
Arturo Vidal 59' (pen.)
Links Relacionados
VÍDEOS
SIMULADOR OGOL
Futebol Internacional
Ídolo no Barça
Ronald Koeman admitiu a possibilidade de comandar o Barcelona em um futuro próximo. O técnico garantiu que segue na Holanda até a Eurocopa, em 2020, mas abriu as portas para o ...
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
ProfetadaColina 12-11-2019, 19:57
ProfetadaColina 12-11-2019, 19:57
ProfetadaColina 12-11-2019, 19:56
Okocha10 12-11-2019, 11:10
Okocha10 12-11-2019, 11:07
JP_Tricolor 12-11-2019, 07:54
JP_Tricolor 12-11-2019, 07:52
JP_Tricolor 12-11-2019, 07:51
JP_Tricolor 12-11-2019, 07:49
JP_Tricolor 12-11-2019, 07:47