Siga oGol no facebook
        1xBet
        Pode custar caro

        Em jogo de dois 'frangaços', Brasil é apático e só empata com Uruguai

        2020/02/06 21:58
        ogol.com.br
        E2

        O Brasil voltou a decepcionar no Pré-Olímpico, na Colômbia. Nesta quinta-feira, a seleção brasileira encarou o Uruguai e, em atuação ruim, apenas empatou em 1 a 1. Destaque para as falhas dos goleiros, que contribuíram para o resultado.

        Com o resultado, o time comandado por André Jardine chega ao segundo empate em dois jogos no quadrangular final, e agora tem a obrigação de vencer a Argentina na última rodada para se garantir nos Jogos de Tóquio.

        'Frangaços' marcam primeira etapa

        O jogo começou intenso na Colômbia. Logo aos dois minutos, Viñas sofreu falta na entrada da área. Na cobrança, Rossi quase abriu o placar para o selecionado uruguaio.

        O Uruguai tentou esboçar uma pressão, mas o Brasil respondeu em seguida. Aos nove, Matheus Henrique recebeu na intermediária e chutou para defesa do goleiro. Na sobra, Antony tentou cruzar e ganhou escanteio.

        O time comandado por André Jardine encontrou muita dificuldade para superar a marcação pressão dos adversários. Até que aos 34, Ugarte arriscou da direita, de fora da área. A bola desviou em Bruno Fuchs, no meio do caminho, e foi na direção de Ivan. O arqueiro brasileiro, porém, acabou aceitando. Celeste na frente.

        O goleiro do Uruguai, quase que em solidariedade ao companheiro de profissão, protagonizou o empate canarinho. Após cruzamento de Iago, Pedrinho cabeceou bem, e complicou a vida de Arruabarrena, que fez a defesa, mas se enrolou todo com a pelota e acabou deixando a gorduchinha cruzar a linha: 1 a 1.

        Empate mantido

        Na volta do intervalo, assim como na etapa inicial, o Uruguai foi o primeiro a assustar. Aos dois minutos, após cruzamento da direita, Piquerez chutou cruzado da esquerda, mas a bola bateu em Guga, que evitou o pior para o Brasil.

        Pouco depois, aos nove, foi a vez da trave salvar os brasileiros. Piquerez, de novo ele, cobrou falta com perigo e carimbou a trave direita de Ivan. 

        Com o passar do tempo, o time verde e amarelo, na base do esforço, passou a ter mais a bola e aumentou seu volume ofensivo. No entanto, não era o dia do Brasil. Sem capricho nas finalizações, o time de Jardine custou a criar chances claras. Na melhor delas, aos 30, Matheus Cunha, de cabeça, obrigou Arruabarrena a fazer uma excelente defesa.

        Nos minutos finais, o duelo ficou aberto. No troca-troca de ataques, porém, nenhuma equipe foi efetiva a ponto de mexer no placar outra vez. Fim de papo e tudo igual no jogo entre Brasil e Uruguai: 1 a 1.

        Enquete
        RESULTADO DA VOTAÇÃO
        BRASIL
        EMPATE
        URUGUAI
        Comentários (2)
        Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
        motivo:
        Amarelões
        2020-02-07 23h47m por RenataBFR
        Na primeira fase bateu em todo mundo. Agora que é importante. . . Outra coisa: treinador brasileiro não tá com nada!
        AZEDOU. . .
        2020-02-06 23h02m por Renvia
        Prevejo o Brasil longe de Tóquio. O time amarelou nas partidas mais importantes.
        jogos históricos
        U Quinta, 06 Fevereiro 2020 - 20:00
        Estadio Alfonso López
        Eber Aquino
        1-1
        Manuel Ugarte 35'
        Ignacio de Arruabarrena 40' (g.c.)
        VÍDEOS
        SIMULADOR OGOL
        O Flamengo acertou nesta quinta-feira (25) a prorrogação do empréstimo do volante Thiago Maia, que pertence ao Lille, da França, até junho de 2022. Ainda há ...