Siga oGol no Twitter
        1xBet
        Biografia
        Biografia Jogadores

        Waldo: o grande artilheiro tricolor

        Texto por Carlos Ramos
        l0
        E0

        Waldo foi um dos grandes jogadores da história do Fluminense. Esteve no clube na década de 1950 e início da de 1960 e, com gols, escreveu uma linda história em três cores, sendo considerado pelo clube, que soma também partidas amistosas, o grande artilheiro tricolor. 

        Waldo ficou marcado por simplificar a tarefa de fazer gols. Sem muitas firulas, mandava a bola para a rede de todos os jeitos. Marcou logo na estreia em jogos oficiais, em 1954, quando o Flu goleou o Botafogo por 4 a 0, pelo Rio-São Paulo. Waldo ainda voltaria a marcar no Glorioso no Carioca daquele ano. 

        O primeiro gol de Waldo em Fla-Flus foi em 1955, em vitória tricolor pelo Rio-São Paulo. Nesse ano, os números de gols de Waldo já foram crescendo. O atacante chegou a marcar quatro vezes diante da Portuguesa, no Campeonato Carioca. 

        Na temporada seguinte, Waldo foi artilheiro do Carioca, com 23 gols em 22 partidas. Voltou a marcar quatro vezes contra a Portuguesa, e fez quatro também no Olaria. Conseguiu sequência de sete jogos seguidos marcando no torneio. 

        O primeiro título com a camisa tricolor veio só em 1957, com a conquista do Rio-São Paulo. Waldo marcou nos primeiros cinco jogos do torneio, incluindo dois contra o Botafogo e dois contra o Flamengo. O atacante acabou artilheiro da competição, com 13 gols. 

        O artilheiro era o grande nome de um time que via os rivais dominarem o Estado. Mas, em 1959, o Flu não completou o nono ano sem título carioca. Waldo comandou a equipe a mais um título do Campeonato Carioca, o primeiro, e único, do atacante nas Laranjeiras. 

        O grande ano do goleador no Flu foi 1960. Conquistou, novamente, o Rio-São Paulo e, em jogos oficiais, chegou a 32 gols em 33 jogos, com três hat-tricks no ano. Waldo deixaria o clube no ano seguinte, com 204 jogos e 153 gols em duelos oficiais. Nas contas do clube, somando amistosos, Waldo fez 403 jogos e marcou 319 vezes. Nenhum de pênalti, vale ressaltar. 

        Destaque na Espanha 

        Waldo seguiu carreira na Espanha na década de 1960. Saiu consagrado das Laranjeiras para o Valencia, e escreveu grande carreira na equipe. Manteve a excelente média de gols, se tornando ídolo também por lá. 

        Campeão da Copa do Rei, Waldo se tornou o grande artilheiro brasileiro da história do Campeonato Espanhol, com 115 jogos em 215 gols. Acabou superado por Ronaldo, o Fenômeno, décadas mais tarde. 

        Apesar da idolatria no Rio e na Espanha, Waldo nunca conseguiu disputar uma Copa do Mundo com a seleção brasileira. Fez apenas três jogos, todos amistosos e em 1960. Marcou seus dois únicos gols com a seleção em amistoso contra o Chile. 

        Em 2019, Waldo nos deixou após longa luta contra o Mal de Alzheimer. Deixou saudades nas Laranjeiras e na Espanha, com história de gols por onde passou. 

        Lista
        Comentários (0)
        Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
        motivo:
        EAinda não foram registrados comentários…
        Links Relacionados