Siga o canal do youtube do ogol.com.br
história
Tragédias

Dener: o craque interrompido

Texto por Carlos Ramos
l0
E0
Para muitos, Dener era uma das maiores promessas do futebol brasileiro. Chamado de Reizinho do Canindé, o atacante teve carreira interrompida apenas aos 23 anos. No dia 19 de março de 1994, o então jogador do Vasco sofreu um acidente de carro fatal na Lagoa Rodrigo de Freitas. 

Dois dias antes, o Vasco havia empatado com o Fluminense, e Dener estava em campo. Mas, às 5h15 da manhã do dia 19, Dener estava dormindo no banco do passageiro, com o banco declinado. A  Mitsubishi Eclipse branca estava a 15 minutos da casa do jogador quando se chocou violentamente contra uma árvore. Dener acabou asfixiado pelo cinto. 

Oto Gomes Miranda, amigo em comum de Dener, Romário e Edmundo, levara o jogador para um encontro com dirigentes do Stuttgart, da Alemanha, que o queriam levar para a Europa. Depois, foram a uma boate e, em seguida, viajaram para São Paulo. Na volta, não houve viagem para a Alemanha. 

Morreu, naquele dia, uma das grandes promessas do futebol brasileiro. Dener Augusto de Souza, mesmo franzino, entortava os adversários desde a base. Começou na Portuguesa, se destacando na Copinha. Foi brilhar no Grêmio, com o título Gaúcho, para depois conquistar a torcida vascaína. 

Sua arte chegou na seleção brasileira, e quase foi para o futebol europeu. Antes, porém, a tragédia, que interrompeu o sonho. Dener dizia: "Às vezes, um drible é mais bonito do que um gol". Até hoje, os dribles de Dener deixam saudade. 

Comentários (0)
Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
Links Relacionados