Siga o canal do youtube do ogol.com.br
        1xBet
        Jogos Marcantes
        Jogos marcantes

        Brasil 2 x 0 Alemanha: a vitória do Penta!

        Texto por Carlos Ramos
        l0
        E0

        No dia 30 de junho de 2002, Yokohama foi o palco de uma grande festa brasileira. Depois de superar a Alemanha, de Oliver Kahn, por 2 a 0, o Brasil, de Luiz Felipe Scolari, foi coroado novamente como campeão do mundo, no quinto título mundial da história do país. 

        A seleção brasileira havia chegado na Copa da Coreia e do Japão debaixo de todas as desconfianças. Ao longo do torneio, porém, o grupo se uniu e conseguiu chegar na final contra a Alemanha. A conquista veio na base da união e da superação. 

        É bem verdade que os alemães avançavam também na conta do chá: 1 a 0 contra Paraguai, mesmo placar contra os Estados Unidos e vitória magra também sobre a Coreia do Sul. Mas o time de Rudi Voller parecia favorito para a final. 

        Em campo, porém, a seleção brasileira mostrou a mesma superação de toda a Copa. Kléberson foi uma das armas da equipe nos primeiros minutos: com sua agilidade, conseguiu achar os espaços na defesa alemã. 

        A primeira grande chance começou com Kléberson, passou por Ronaldinho Gaúcho e terminou com Ronaldo na cara do gol. O camisa 9, com seu penteado "Cascão", chutou para fora intimidado pelo goleiro Oliver Kahn, que fora eleito o melhor daquela Copa. 

        A segunda chance brasileira foi de novo em jogada entre Ronaldinho e Ronaldo: mais uma vez Kahn apareceu na frente do atacante. Kléberson teve as últimas chances antes do intervalo e chegou a acertar o travessão. 

        Por falar em bola na trave, os alemães também acertaram o poste em cobrança de falta violenta de Oliver Neuville. Marcos ainda conseguiu um desvio providencial. 

        Ao contrário de muitas finais, a decisão de 2002 foi aberta, de boas chances e com dois times chegando bem ao ataque. O gol só saiu quando um dos goleiros hesitou. 

        E foi justamente Kahn, o grande nome da Copa segundo votação dos organizadores. Mas foram os grandes nomes da Copa, de fato, que desequilibraram: Rivaldo, então sumido em campo, recebeu bola recuperada na marra por Ronaldo e bateu de fora. Kahn falhou, soltou a bola nos pés de quem não podia: Ronaldo. 1 a 0 Brasil. 

        Um gigante Kléberson voltou a achar os espaços minutos depois e abriu para Rivaldo. Mas Rivaldo foi genial e não tocou na bola: apenas abriu as pernas. Ela encontrou quem a mandava para seu destino: Ronaldo bateu no canto, sem chance para Kahn. 

        Ainda deu tempo de São Marcos aparecer. Oliver Bierhoff mandou bola no cantinho e o goleiro fez uma defesaça. Marcos garantiu o que todos esperavam: o Brasil era pentacampeão do mundo! 

        Lista
        Comentários (0)
        Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
        motivo:
        EAinda não foram registrados comentários…
        jogos históricos
        U Domingo, 30 Junho 2002 - 08:00
        Nissan Stadium
        Pierluigi Collina
        0-2
        Ronaldo 67' 79'
        Links Relacionados
        Estádio
        Nissan Stadium
        Lotação72327
        Medidas107x72
        Ano de Inauguração1998