Siga oGol no Twitter
        1xBet
        Biografia
        Biografia Treinadores

        Herbert Chapman: o homem que mudou o patamar dos técnicos

        Texto por ogol.com.br
        l0
        E0

        Hebert Chapman foi uma lenda no Arsenal e já seria lembrado no futebol por isso. Mas teve influência também no papel do treinador no futebol mundial, tamanha sua coragem, e personalidade, para ampliar os horizontes para os técnicos. 

        Chapman nasceu em Yorkshire, na Inglaterra, no dia 19 de janeiro de 1878. Junto com dois irmãos, se tornou jogador de futebol, e mostrou enorme fascínio pelo esporte. 

        Quando atuava pelo Tottenham, em 1907, ouviu do capitão do time, Walter Bull, que havia a oportunidade de ser jogador-treinador em Northampton, cargo rejeitado por Bull. Chapman não deixou a chance passar. 

        Do campo para o banco de reservas, logo se mudou ao Leeds, em passagem que foi interrompida pela Primeira Guerra Mundial. Quando voltou, viu o clube se envolver em um escândalo. Chapman foi banido do futebol pela Federação Inglesa (FA) em um primeiro momento, mas depois conseguiu retomar a carreira. 

        E o fez com maestria no Huddersfield, levando o time a ser a grande surpresa da década de 1920, com um bicampeonato inglês e um título da FA Cup. 

        A idolatria em Londres

        Com o sucesso no Huddersfield, Chapman se credenciou para assumir, na capital, o Arsenal. Um de seus grandes feitos foi a implementação, com sucesso, da formação WM, uma inovação na época que se tornou nos anos seguintes uma tendência do futebol mundial. 

        Chapman foi um revolucionário também fora do campo e foi o primeiro treinador a ampliar o seu controle no clube, querendo administrar não apenas o que acontecia dentro do campo. 

        Chapman decidia quem eram os reforços, como o clube se organizaria e até mesmo o uniforme gunner, com as mangas brancas, foi uma invenção dele. Chapman sugeriu também a utilização de números nos uniformes e a realização de partidas noturnas. 

        Com seu temperamento forte, Chapman mudou o papel do treinador no futebol inglês: de simples comandante em campo para o que se chamou de manager

        Duas vezes campeão inglês, Chapman morreu antes de o Arsenal terminar a campanha de seu terceiro título. A teimosia e a necessidade de controlar tudo acabaram sendo fatais para Chapman. 

        Gripado, não seguiu os conselhos médicos e seguiu viajando para observar todas as categorias do Arsenal. Acabou derrubado por uma pneumonia, e faleceu em 6 de janeiro de 1934. 

        D

        Fotografias(1)

        Herbert Chapman ao centro em conversa com Alex James antes da final da FC Cup 1932 em Wembley
        Comentários (0)
        Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
        motivo:
        EAinda não foram registrados comentários…
        Links Relacionados