Siga o instagram do oGol
Rivalidades
Rivalidades

Liverpool x Manchester United: a rivalidade mais amarga da Inglaterra

Texto por ogol.com.br
l0
E0

Liverpool e Manchester United é considerado o clássico de maior rivalidade na Inglaterra, "the most bitter rivalry" (a rivalidade mais amarga), como eles dizem. Afinal, trata-se do encontro entre os dois times mais vitoriosos do futebol da Terra da Rainha. 

A rivalidade entre Liverpool e Manchester, entretanto, vai mais longe do que apenas um jogo. A Revolução Industrial teve muito a ver com isso. No fim do século XIX, os comerciantes de Manchester, revoltados pelos altos impostos cobrados pelo porto de Liverpool, construíram o Canal de Manchester. 

Rivalidade levada para campo

A rivalidade entre as duas cidades pelo comércio do Noroeste inglês foi levada para campo nos encontros de Liverpool e Manchester United, que buscavam ser duas potências em uma liga recheada de equipes da capital, Londres. 

No clima de uma rivalidade quente entre as cidades houve o primeiro clássico, no mesmo ano da inauguração do Canal de Manchester: 1894. O jogo já foi decisivo: O Liverpool, campeão da segunda divisão, lutava por um lugar na primeira contra o Newton Heath, equipe que deu origem ao Manchester United e que havia terminado a Division One em último lugar. 

Os Reds, que ainda não jogavam de vermelho, venceram o jogo por 2 a 0, com gols de Gordon e Bradshaw. Por esse cotejo, o United teve que ir para a segunda divisão, enquanto o Liverpool o estaria esperando na elite. 

Só que o encontro seguinte acabou sendo na segunda divisão, com o rebaixamento do Liverpool. Os Reds conseguiram um 7 a 1 sobre o rival e voltaram para a elite, enquanto o Manchester só saiu mesmo da crise depois que, em 1902, o Newton Heath faliu e empresários locais reuniram dinheiro para fundar o Manchester United. 

O primeiro clássico entre as equipes com o United já com o novo nome aconteceu em 1903. Com dois gols do escocês John Hope Peddie, os Red Devils venceram por 2 a 1 e seguiram adiante na Copa da Inglaterra. 

Nos primeiros anos de rivalidade, o Liverpool, por já ser um time consolidado, conquistou as principais glórias, com o primeiro título da primeira divisão levantado ainda em 1901. Depois de ver o rival campeão outra vez em 1906, o United respondeu em 1908, com direito a goleada por 4 a 0 sobre o rival. 

No período das guerras (Primeira e Segunda Guerras Mundiais), Liverpool e Manchester viveram períodos difíceis, principalmente para o United, que passou anos na segunda divisão. As guerras esfriaram, um pouco, a rivalidade. 

Anos de glória

Nas décadas seguintes, técnicos lendários moldaram o confronto: Matt Busby de um lado e Bill Shankly do outro. Matt Busby foi o primeiro a levar um time da região a outro patamar: o United, de Bobby Charlton e George Best, venceu o Benfica, do brasileiro Otto Glória, e conquistou a Liga dos Campeões de 1968. 

O Liverpool demorou uma década para alcançar esse patamar, e já com Bob Paisley, sucessor de Shankly, mas, quando o fez, engrenou uma sequência de quatro títulos até 1984, além de duas taças da hoje chamada Liga Europa. 

No período, um encontro marcante entre os rivais ocorreu em 21 de maio de 1977. O Liverpool, de Paisley, enfrentou o United, já dirigido por Tommy Docherty, na final da Copa da Inglaterra. O duelo do tradicional torneio inglês, sempre disputado em Wembley, terminou com vitória dos Diabos Vermelhos por 2 a 1, com todos os gols marcados em um período de cinco minutos, provavelmente os cinco minutos mais movimentados da rivalidade. 

Os jejuns e Ferguson

Da década de 1970 até os anos 1990, o United acabou afundado pela superioridade do rival, tanto nacional quanto internacionalmente. O Liverpool ampliou suas taças do Inglês e da Liga dos Campeões, enquanto o rival viveu longo jejum. 

A chegada de Alex Ferguson em Old Trafford, entretanto, mudou o panorama. O escocês precisou de paciência, mas conseguiu engrenar um trabalho que mudou a história do Manchester United, transformando o clube no maior vencedor de títulos do país. Foram 38 troféus nas mãos de Fergie em 26 anos, incluindo 13 do Inglês e duas Ligas dos Campeões. 

"Meu maior desafio foi derrubar o Liverpool lá da p... do topo, e você pode escrever isso", disse certa vez o lendário treinador em entrevista. Afinal, Ferguson conseguiu. 

Apesar de ter, no período de Ferguson e também nos anos seguintes, grandes times e ídolos como Steven Gerrard e Mohamed Salah, e de conquistar troféus na Liga dos Campeões, os Reds nunca voltaram ao topo da Inglaterra. Nada que tenha abalado uma rivalidade secular (e amarga)... 

Comentários (0)
Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
Links Relacionados